domingo, 18 de março de 2012

12 km Salvaterra de Magos


Mais uma corrida.Desta vez na calma e  bonita Vila de Salvaterra de Magos.Paisagens lindas e com cavalos a pastar.
Gostava de ter uma casa nesta zona.Talvez quando me sair o Euromilhões.Ou o Totoloto.Ou a Lotaria.Bem, chega de sonhar.Enquanto puder ir lá correr, já não é mau.
Quando saí de Lisboa o tempo não estava grande coisa.Durante a viagem ainda caíram umas pingas, mas nada de especial.
A viagem é rápida.Primeiro pela A1 depois pela A10.Quando se sai da A10, num instante estamos em Salvaterra de Magos.Começamos logo a ver os campos verdejantes e com bastantes cavalos a pastar.
Chegado a Salvaterra, estaciono, mais uma vez, junto à praça de touros.As praças de touros tem sido um bom local de estacionamento para mim.Devo referir que não sou adepto das touradas.
Depois de levantar o dorsal no pavilhão, fui fazer um reconhecimento ao local.Ao mesmo tempo fiz o aquecimento.Já conheço alguma coisa de Salvaterra, visto não ser o primeiro ano que participo.
Como não deve haver muitos eventos destes na Vila, as pessoas aproveitam a manhã de domingo e vem para o local da corrida.É uma festa.Os atletas gostam.
Na zona de partida, centenas de pessoas incentivam os atletas.Alguns desses atletas são familiares seus.
Como sempre, antes de me fazer ao caminho, fui ao meu arquivo ver o tempo feito o ano passado.Lá estava o registo de 1:05:16. Era este o meu tempo de referência.Queremos sempre fazer melhor.Nem sempre conseguimos.
Começa a corrida.Os primeiros 2 km são dentro da Vila, com as pessoas contentes por estarmos ali a correr.
Depois, atravessamos uma pequena ponte e vamos para fora da Vila.O piso é alcatrão.
As paisagens é que fazem a diferença.Vou em esforço mas vou feliz por estar ali.
A prova é plana, e por isso, propícia para tempos rápidos.
Nesta altura já me tinha apercebido que estava num dia bom.Com o tempo vamos sabendo isso.Em certas corridas, aos 3 km já sei que o corpo não quer grandes andamentos.
Hoje escolhi como "lebre" uma atleta de +- 40 anos.Uma atleta "gordinha" mas que corria que se fartava.
Cerca dos 5 km , os primeiros atletas já fazem o caminho de volta.Passam por nós a uma velocidade estonteante.Eu vou-me aguentando dentro dos 5:30 o km.
Mais ou menos ao km 7, é a nossa vez de fazer o retorno para a Vila.
Meto à boca um cubo de marmelada que levava, para ver se consigo pelo menos manter o andamento.A "gordinha" lá ia como se nada fosse.Comecei a temer não a conseguir acompanhar.Aos 10 km tenho um tempo de 53 minutos e entram as tais contas de cabeça:
"Ora bem, se conseguir manter o ritmo de 5:30 o km faço um tempo inferior a uma hora e cinco minutos.Era muito bom.Isto está difícil aqui na parte final.Mas tenho que conseguir.Tenho que conseguir."
Ia eu com estes pensamentos,quando a "gordinha" começa a descolar.Não pode ser.Cerro os dentes e faço um ultimo esforço.Já dentro da vila as pessoas vão aplaudindo e com isso dando mais ânimo aos atletas.Foi o meu caso, e numa arrancada final consigo fazer 1:04:36.
Espectáculo!!!
No final aquele sentimento agradável, de ser capaz de fazer estas corridas.
Como prémio uma t`shirt técnica e um bonito prato pintado.


Para a semana temos a meia maratona da ponte 25 de Abril.Lá estarei.
E estarei aqui também.
Boa semana a todos.

4 comentários:

  1. Mais uma corrida num local muito bonito.
    Noto que na primeira foto existe uma placa para Escaroupim que é um lugar onde está uma deslumbrante mata nacional que eu gosto muito.

    É uma mata muito antiga que tem actualmente "41,68 hectares estão destinados à investigação Florestal, promovida pela Estação Florestal Nacional, das espécies Pinheiro bravo, Pinheiro manso, Sobreiro e Ulmeiro."
    Mas talvez o facto mais relevante é que dispõe do mais importante arboreto de eucalipto instalado fora do território Australiano, constituído por 126 espécies de Eucalipto e cuja instalação se iniciou em 1953. Tem árvores imponentes e maravilhosas e atesta que existe muita diversidade de eucaliptos. É um local também a visitar.

    Peço desculpa ao autor do blog por esta menção ao Escaroupim mas é de facto um local magnífico.

    Parabéns por mais um post interessante a propósito de mais uma corrida.

    Boas corridas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem que se desculpar VitorJ, estamos sempre a aprender.Neste caso, sobre o Escaroupim.Volte sempre.

      Eliminar
  2. Parabéns pela prova!
    Eu também tento esse truque da lebre com alguém que vá à minha frente, mais ou menos ao mesmo ritmo. Nem sempre resulta! :)

    Bons treinos e boa Meia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado.Para quando outra corrida?

      Eliminar